Sonae MC investe 50 milhões nos centros de distribuição da Azambuja e Maia

A Sonae MC inaugurou ontem o novo edifício do seu Centro de Distribuição na Azambuja. Com 235 mil m3 trata-se do maior entreposto refrigerado em Portugal. Esta expansão permitiu criar 300 novos postos de trabalho e vai aumentar a capacidade e a rapidez de abastecimento às lojas Continente da região Centro e Sul do país. O projecto resulta de um investimento ler mais…

Sistema exclusivo de café Continente permite reduzir 26 toneladas de plástico ao ano

O café do sistema exclusivo Continente tem uma nova embalagem, mais compacta e de cartão 100% reciclável, o que permite, segundo o retalhista, uma poupança de 26 toneladas de plástico por ano. O Continente substituiu cerca de 3,5 milhões de embalagens de café do sistema exclusivo Continente, que passaram de um saco multimaterial (plástico e alumínio) não reciclável, para uma ler mais…

Mercadona comprou 1.700 toneladas de pera rocha em 2020 para as suas lojas em Portugal e Espanha

A Mercadona comprou, o ano passado, 1.700 toneladas de pêra rocha aos seus fornecedores especialistas na região Oeste, das quais 1.100 foram destinadas à exportação e 600 ao mercado nacional. O retalhista alimentar colabora com mais de 300 fornecedores nacionais, e aposta num relacionamento «baseado na transparência e no compromisso a longo prazo». É exemplo disso, a LusoPêra, fornecedor especialista, ler mais…

Retalho alimentar: Investimentos e aumento de vendas online são principais motores do crescimento

O comércio alimentar está a tornar-se no novo centro nevrálgico do investimento em propriedades para retalho na Europa. Esta conclusão parte de um estudo recente da Savills, consultora imobiliária internacional, que analisou o desenvolvimento do sector alimentar e de retalho na Europa. Em 2020, pela primeira vez, os investimentos em supermercados, hipermercados e lojas de comércio alimentar de baixo custo ler mais…

No Reino Unido o Brexit pode provocar o aumento de custos de 9.3 mil milhões na Supply chain do retalho alimentar na ausência de um acordo

A falta de um acordo do Brexit pode custar aos retalhistas alimentares e à sua cadeia de abastecimento 9,3 mil milhões de libras, de acordo com um novo relatório do Barclays Corporate Banking. Na ausência de um acordo,o  Brexit criaria uma tarifa média de 27% para cadeias de abastecimento de alimentos e bebidas. Uma vez que as margens medias no ler mais…