Nestlé concentrou em fornecedores nacionais 71% das suas compras,

Em Portugal, no ano passado, a Nestlé concentrou em fornecedores nacionais 71% das suas compras, num valor global de 119 milhões de euros. Para dar a conhecer alguns destes parceiros iniciou uma campanha de comunicação, assente na relação de décadas com alguns dos seus fornecedores Em 2018, a Nestlé comprou a fornecedores portugueses 37% das matérias-primas, 89% do material de ler mais…

CPO sentem-se pressionados a reduzir custos

Os resultados do Deloitte Global Chief Procurement Officer Survey 2019, que auscultou 481 líderes do sector do procurement em 35 países, deixaram a descoberto a conjuntura complexa em que os CPO enfrentam os riscos económicos e políticos, pressionando-os a reduzirem os custos. O inquérito deste ano mostra que a preocupação com estes problemas aumentou. Os riscos externos requerem cada vez ler mais…

Mondelēz International pede 100% de sustentabilidade e de transparência na obtenção de óleo de palma

A Mondelēz International ampliou hoje sua procura de fornecedores de óleo de palma para alcançar a sua meta de 100% de sustentabilidade e 100% de transparência em todo o setor. A empresa desafiou a sua cadeia de abastecimento e todo o setor a ser sustentável e transparente na produção de óleo de palma desde 2010. A Mondelēz International é responsável ler mais…

C&A reconhecida pela utilização de fibras e materiais sustentáveis

A C&A alcançou três primeiros lugares, em quatro dos oito rankings onde participaram 111 marcas do setor da moda. A empresa retalhista de moda recebeu o reconhecimento da Textile Exchange pela sua «liderança global», no que diz respeito à estratégia de seleção e utilização de fibras e materiais sustentáveis, gestão de cadeia de fornecedores têxtil e compromisso com o consumidor. ler mais…

Autoridades Reguladoras de Compras Públicas em África comprometem-se a implementar tecnologias inovadoras

Treze responsáveis de procurement africanos assinaram uma declaração a comprometerem-se a melhorar os processos de compras com recurso ao uso de tecnologias inovadoras após a Conferência Global de Compras Públicas, realizada em Washington DC. A reunião para assinar a declaração da Revolução Digital nos Contratos Públicos foi conduzida pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento e pelo Banco Africano de Desenvolvimento. Os ler mais…

Casamentos para comprar, as consequências

A Logística Moderna tomou o pulso a fornecedores, distribuidores e analistas para medir o impacto, na supply chain, da vaga de alianças em centrais de compra. Fornecedores temem o poder negocial destes gigantescos (e, tendencialmente, poucos) compradores. Retalhistas chamam-lhes ferramentas de negócio, com benefícios para aliados e consumidores. Analistas dizem que não é recuo, é devir, e resposta natural a ler mais…

Grupo DIA junta-se à Horizon

O Grupo DIA anunciou ontem que se uniu à Horizon International Services, plataforma de negociação internacional com “o objectivo de melhorar a sua competitividade e relações junto dos grandes fornecedores e oferecer uma melhor oferta ao consumidor tanto ao nível do sortido como do preço. Desta aliança, que foi comunicado em junho passado, já fazem parte o Auchan Retail, o ler mais…

Panasonic suspende contrato com fornecedor devido a cobalto de Cuba

O fabricante das baterias da Tesla, Panasonic, suspendeu a sua cadeia de abastecimento com o fornecedor canadiano que alegadamente comprava cobalto a Cuba, que é actualmente alvo de sanções económicas dos EUA. Num comunicado a Panasonic declarou não poder determinar de forma concreta exactamente quanto cobalto na sua cadeia de abastecimento tinha a sua origem em Cuba, após ter sido ler mais…

O que podemos esperar no futuro do procurement?

Durante anos a principal preocupação do setor do procurement era reduzir os custos das compras e assegurar a entrega de materiais e serviços em prazos e especificações corretas. Apesar dessas responsabilidades não terem saído de cena, atualmente o cenário de aquisição é outro. Mais complexo e dominado por questões legais, éticas, reguladoras e de sustentabilidade, o procurement precisa de mais ler mais…