“Tempestade perfeita” nos portos do Reino Unido

Vários sectores económicos no Reino Unido têm vindo a queixar-se de problemas (disrupção nos fornecimentos) cuja origem atribuem aos portos britânicos. As razões para esta situação prendem-se com as limitações impostas aos portos pela pandemia, que destruiu o equilíbrio nas supply chains marítimas, à retoma após a reabertura da economia britânica e a necessidade que muitas empresas sentem de constituir ler mais…

DCSA publica a primeira serie de directrizes standards para operações de carga marítima

A DCSA, uma organização sem fins lucrativos, estabelecida em 2019 por vários das maiores empresas navegação e contentores (MSC, Maersk, CMA CGM, Hapag-Lloyd, ONE, Evergreen Line, Yang Ming, HMM, ZIM), acaba de lançar as directrizes que estabelecem os standards e os tempos para comunicação do volume de contentores e os detalhes de arrumação destes através de um acordo – VSA ler mais…

Práticas empresariais adoptadas em resposta à pandemia incrementam a digitalização na carga marítima

A pandemia do coronavírus está a revelar-se um catalisador na digitalização do transporte marítimo, levando a que os stakeholders das supply chains marítimas abandonem os procedimentos manuais e os estejam a substituir por sistemas de gestão de transporte automatizados, que permitam o crescimento dos negócios, de acordo com um estudo recente realizado pela Haven Inc. Estas são as conclusões retiradas ler mais…

Brexit: Navio partiu do Reino Unido para o Japão sem saber o que o espera à chegada

O ministro do Comércio do Reino Unido admitiu na terça-feira que um acordo de livre comércio com o Japão não seria concluído a tempo de resolver os problemas que um navio cargueiro que deixou a Grã-Bretanha com destino ao Japão pode enfrentar por causa do Brexit. A UE negociou recentemente um acordo comercial com o Japão, mas não está claro se o ler mais…

Portos do continente registam 29,8 milhões de toneladas nos primeiros 4 meses do ano

Os portos do continente movimentaram 29,8 milhões de toneladas de carga nos primeiros quatro meses do ano, com o mês de Abril a crescer 8,8% face a março de 2018, mas a registar um decréscimo de 6,8%, face ao seu homólogo de 2017. Sines apesar de valer metade do mercado portuário, diminuiu a sua quota em 5 pontos percentuais face ler mais…

Digitalização leva à disrupção da indústria do transporte da carga marítima

As novas soluções de digitalização, como a big data, blockchain, drones e a robótica, estão a permitir que a indústria de transporte de carga marítima possa introduzir soluções disruptivas que visam reduzir ou eliminar actividades sem valor acrescentado, segundo um novo estudo da ABI Research, consultora internacional na área das tecnologias. Nos próximos cinco anos, os players que integram a ler mais…