Península Ibérica lidera no gás natural para a mobilidade

O projecto ECOGATE, recentemente aprovado, inscreve-se num amplo conjunto de projectos europeus sobre estudos, desenvolvimento e construção de infra-estruturas de distribuição de gás natural para a mobilidade, partindo a iniciativa da Península Ibérica.
A GASNAM, Associação Ibérica de Gás Natural para a Mobilidade, que conta actualmente com 112 membros terrestres e marítimos, avança que “a eficácia demostrada pela indústria ibérica na concretização dos projectos, bem como o respeito pelos prazos estabelecidos, permitiu-nos construir uma base de profissionalismo e confiança perante as instituições europeias que, sem dúvida, favorecerá a aprovação de novos projectos que já estão em estudo.
De salientar que, em concreto, os projectos apresentados nos últimos anos pela indústria associada da GASNAM, que conseguiram aprovação das autoridades da União Europeia foram em 2011 o Projecto GARneT; o Projecto LNG Blue Corridors, em 2012, que envolve um grande número de países europeus, proposto e iniciado a partir de Espanha, país responsável pela sua coordenação; o BEST Way, em 2014; o Projecto Green Port Energy Center, em 2015, para o desenvolvimento de um sistema alimentado por GNL, para fornecer energía eléctrica e térmica aos navios em porto, eliminando as habituais emissões dos seus motores auxiliares a diesel; em 2016, o Projecto CORE LNGas hive, cujo objectivo é o desenvolvimento de uma cadeia logística integrada, segura e eficeinte para o fornecimento de GNL como combustível no sector do transporte, em particular marítimo, na Península Ibérica; e agora mais recentemente o projecto ECOGATE.

Partilhar este artigo...Share on Facebook0Share on LinkedIn0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Print this pageEmail this to someone