Nacex Portugal tem nova plataforma em Santo Tirso

Com 2.000m2, a nova plataforma da Nacex Portugal, empresa de transporte expresso do grupo Logista, pretende servir os centros de distribuição da zona Norte e triplicar a capacidade de operação da plataforma de Alfena. A plataforma Norte, assim denominada, acaba de ser inaugurada.

Além da proximidade do centro urbano do Grande Porto, aeroporto Francisco Sá Carneiro e porto de Leixões, a nova unidade pretende servir as cidades de Viana do Castelo, Braga, Matosinhos, Porto, Paços de Ferreira, Guimarães e Oliveira de Azeméis.

As instalações contam com quatro cais de carga para camiões e 30 para carrinhas, podendo todos eles funcionar em simultâneo. A plataforma está equipada com um sistema de classificação por indução automatizada, capaz de processar 5.000 pacotes / envelopes por hora e conta com um sistema de mediação composto por uma balança de pesagem dinâmica, com capacidade para pesar volumes até 40kg a uma velocidade de 2,5m por segundo, além de fazer a sua medição volumétrica. Segundo a informação avançada, o sistema permite fazer a gestão da classificação simultânea para vários destinos diferentes. O classificador está sincronizado com um sistema de gravação que possibilita a visualização das imagens em tempo real e ao acesso a gravações para realizar buscas de pacotes específicos, recorrendo a imagens dos momentos de carga, descarga e classificação das expedições. O sistema é composto por 16 câmaras, duas delas com capacidade de gravação em 360º. “Todas asseguram a gravação digital e em alta definição e estão ligadas a um gravador com capacidade para conectar 32 câmaras e armazenar até o correspondente a 31 dias de gravação”, avança a empresa.

“A nova plataforma permitirá responder ao aumento do volume de mercadoria registado nos centros de distribuição desta região do país”, diz João Jales, country manager da Nacex Portugal. O responsável diz ainda que com estas ferramentas tecnológicas, a empresa vai conseguir “assegurar um serviço mais rápido e eficiente aos clientes, através da optimização de todos os processos relacionados com a recepção e triagem de volumes que depois serão distribuídos”.

Partilhar este artigo...Share on Facebook11Share on LinkedIn39Tweet about this on TwitterShare on Google+0Print this pageEmail this to someone