Em Águeda: Fabricante asiático de bicicletas aposta em sistema automatizado desenvolvido pela Consoveyo

A fabricante de bicicletas de Taiwan FJ Bikes Europe está a desenvolver um sistema automatizado para o seu armazém de componentes em Águeda. O projecto está a ser concebido e implmentado pela Consoveyo, antiga Efacec Handling Solutions. O novo sistema de armazenagem automática e preparação de encomendas visa optimizar o modelo de negócios daquela empresa.

O sistema desenvolvido vai permitir à empresa armazenar os componentes necessários à montagem de bicicletas e será fundamental para ajudar a empresa a optimizar os processos da linha de montagem.

Em comunicado, a Consoveyo esclarece que “as soluções integradas automáticas da Consoveyo vão permitir que a FJ Bikes Europe, maior fabricante asiática de bicicletas recentemente instalada em Portugal (Janeiro), tenha uma operação logística mais rápida e flexível de forma a suportar o modelo de negócios em causa”. A empresa adianta ainda que “a necessidade de um grande armazenamento automático de componentes deve-se ao facto de a maioria dos fornecedores da FJ Bikes estar localizada na Ásia, com prazos de entrega longos”. Por outro lado, “o modelo de produção, voltao para bicicletas sob encomenda e altamente personalizadas, requer uma infraestrutura logística exigente e eficaz, com capacidade para dar resposta ao trabalho de produção”.

 

 

“Esperamos ter uma maior eficácia do espaço ocupado, redução dos tempos operacionais e optimização da gestão de RH envolvidos no processo. O projecto está em fase de engenharia, mas a experiência e cooperação tem sido muito positiva” afirma Nuno Faria, director-geral da fabricante de bicicletas.

 

O armazém terá uma estante convencional com 4.480 locais de armazenamento de contentores plásticos pesados que guardam componentes. Dentro do armazém, estarão dois transelevadores de miniload a executar movimentos de armazenamento e recuperação. O armazém tem 78m de comprimento e 10m de altura. As operações de preparação de encomendas acontecerão em duas estações de picking, de forma a integrar o modelo de picking de mercadorias através de colaboradores. Com cada movimentação automática de separação de componentes, os operadores poderão dar uma resposta mais rápida a vários pedidos em simultâneo. A outra extermidade do armazém contará com duas estações de trabalho que permitem operações de reabastecimento em paralelo com as operações de picking.

 

 

Partilhar este artigo...Share on Facebook
Facebook
13Share on LinkedIn
Linkedin
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Google+
Google+
0Print this page
Print
Email this to someone
email

Written by