Bizcargo é apresentada publicamente a 12 de Setembro

Chama-se Bizcargo e funciona com uma espécie de booking para transportadores de mercadorias, uma vez que permite procurar, combinar e comparar os serviços de transporte e logística, com soluções multimodais porta-a-porta. A plataforma contou com um investimento de 500.000 euros e é apresentada a 12 de Setembro, em Leixões.

Qualquer utilizador, seja empresa ou individual, pode procurar a melhor solução enter vários operadores de serviços logísticos do mercado, obter a melhor cotação, executar o booking electrónico e fazer o acompanhamento da mercadoria.

A plataforma “distingue-se pela forma inteligente como encontra as melhores soluções, combinando serviços que nunca antes foram combinados, sujeitos a vários critérios, como a localização e complementaridade”.

“As empresas que importam e exportam mercadorias procuram serviços de logística e transporte com um esforço elevado e com grande dificuldade em encontrar soluções optimizadas, uma vez que este processo requer múltiplos contactos, prospeção e comparação manual. O acompanhamento da execução do transporte é algo muito penoso e difícil de realizar, habitualmente por contacto pessoal e directo. A tecnologia que desenvolvemos permite que estes processos, para além de rápidos, apresentem de uma forma inteligente as melhores soluções”, explica Rui Barros, CEO da MITMYNID, empresa que desenvolveu o BIZCARGO e uma das mais recentes startups do INESC TEC.

 

Esta plataforma é o primeiro produto no mercado após vários projetos europeus que contaram com a participação de empresas clientes, tais como a Sonae Indústria, Grupo Amorim,

Cerealis, Unicer, Sogrape, e de gestores de infraestruturas e operadores, como o Porto de Leixões, o Grupo ETE, a APAT, entre outros.

 

No âmbito do projeto GLPaP (Gestão de Logística Porta-a-porta), o maior grupo de empresas de transporte e logística português, o Grupo ETE, serviu como demonstrador em ambiente

real para validar a plataforma BIZCARGO.

 

O BIZCARGO angaria clientes para os serviços dos operadores e integradores logísticos presentes na plataforma. Por cada transação realizada é cobrada uma taxa de serviço aos operadores

ou integradores a quem é atribuída a oportunidade. Para as empresas que procuram e contratualizam soluções logísticas o uso do BIZCARGO é gratuito.

 

A plataforma, que – neste projeto – foi alvo de um investimento de cerca de meio milhão de euros, vai ser apresentada publicamente na próxima terça-feira, dia 12 de setembro, às 14:00 horas,

no Auditório Infante D. Henrique do Porto de Leixões em Leça da Palmeira.

 

O projeto GLPaP foi cofinanciado pelo NORTE 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Partilhar este artigo...Share on Facebook0Share on LinkedIn0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Print this pageEmail this to someone