Impressoras 3D já produzem peças da Mercedes

A Mercedes-Benz Trucks, divisão encarregue dos veículos pesados da marca alemã, acaba de anunciar uma nova era na indústria automóvel: a produção de peças de metal a partir de uma impressora 3D. É a revolução.
A partir de Setembro, 30 itens sobressalentes genuínos poderão ser encomendados e fornecidos ao toque de um botão, a partir da impressora 3D. Rápida, económica e em qualquer quantidade, a impressora produzirá sempre com um nível de qualidade consistente com o das peças genuínas da marca. Este não é só um processo de produção inovador como abre novos caminhos para o Pós-Venda.
“Mantendo a promessa da nossa marca ‘Trucks you can trust’, estabelecemos os mesmos padrões de fiabilidade, funcionalidade, durabilidade e economia das peças produzidas em 3D em relação aos itens produzidos de modo convencional”, afirma Andreas Deuschle, chefe de Marketing & Operações da área de Serviços e Peças aos Clientes da divisão Mercedes-Benz Trucks. “Entretanto, a impressão em 3D oferece muitas possibilidades, e é por isso que estamos rapidamente a ampliar a produção das peças com essa tecnologia.”
Hoje na Daimler, mais de 100.000 protótipos de peças impressas em 3D são fabricados para as divisões do Grupodurante todo o ano.
“Estamos a beneficiar da nossa ampla experiência na Daimler com os processos de impressão em 3D para a construção de protótipos”, comenta Andreas Deuschle. “As peças de reposição disponíveis consistem em componentes de plástico de alta qualidade. Capas, separadores, capas para molas, braçadeiras, suportes e elementos de controle são alguns poucos exemplos da produção económica de peças da mais alta qualidade que nos foi possibilitada por meio da impressão 3D.”
As peças “impressas” são criadas com tecnologia de ponta, baseadas no processo de impressão por sinterização a laser (Selective Laser Sintering – SLS). Cada peça 3D pode ser encomendada pelo cliente por meio do número do item especial, o qual está registado nas listas de códigos de encomenda e nos catálogos de peças de reposição da Mercedes-Benz Trucks. Assim, mesmo após várias décadas, o rápido fornecimento ao cliente fica garantido por meio da Cadeia de Logística da Mercedes-Benz em todo o mundo.
O processo de impressão em 3D, que é ecologicamente correcto e contribui para a economia de recursos, está a desempenhar um papel pioneiro no Pós-Venda. O desafio destas peças de reposição reside em garantir o fornecimento também para séries de modelos que já não são produzidos. Isso significa que o portfólio também inclui itens para os quais não há procura em grande quantidade.
A impressão ocorre dentro de um prazo muito curto após o recebimento da definição do design e encomenda, agilizando consideravelmente a produção e o fornecimento das peças 3D. Como as peças de reposição podem ainda ser facilmente “reimpressas”, usando dados armazenados e fornecidos, as peças dispensam sistemas complexos de stocagem e armazenamento. Ao mesmo tempo, fica reduzido o impacto dos custos, recursos empregues e meio ambiente, pois não há excedentes de materiais, cuja disposição pode ser bastante complexa. É uma nova era que chega à cadeia de abastecimento da indústria automóvel em geral e do serviço pós-venda em particular.

Partilhar este artigo...Share on Facebook0Share on LinkedIn28Tweet about this on TwitterShare on Google+0Print this pageEmail this to someone